Rússia e Ucrânia fazem acordo por desconto no gás

Agência AFP

AFP - A Rússia reduzirá em 30% o preço do gás vendido à Ucrânia, um desconto considerado parte do aluguel da base naval russa da Crimeia que permanecerá nesta região ucraniana até depois de 2017, anunciou nesta quarta-feira, dia 21, o presidente russo Dmitri Medvedev.

- Nossos sócios ucranianos terão um desconto no preço do gás que chegará a US$ 100 se o preço (por 1.000 metros cúbicos) for de US$ 330. Se o preço for inferior, será 30% do preço - disse Medvedev.

O acordo foi anunciado por Medvedev e por seu colega ucraniano Viktor Yanukovich na cidade ucraniana de Jarkiv. Yanukovich considerou que o acordo "não tem precedentes".

Ambas as partes assinaram também um acordo para prolongar por mais 25 anos a presença da frota russa do mar Negro no porto de Sebastopol, que expirava em 2017.