EUA crescerá 3% em 2010 mas recuperação requer esforço, diz FMI

InvestNews

SÃO PAULO - A economia dos Estados Unidos crescerá este ano a uma inesperada taxa de 3,1%, segundo anunciou o Fundo Monetário Internacional (FMI) nesta quarta-feira. O Fundo pondera, entretanto, que Washington deve se esforçar para sustentar a frágil recuperação ante sua enorme dívida.

O FMI indicou que "a recuperação está em andamento" na principal economia do mundo, impulsionada sobretudo pelos gastos do governo, ao revisar para cima em meio ponto percentual o crescimento dos Estados Unidos para 2010.

Mas o organismo multilateral advertiu em seu relatório semestral de previsões econômicas que, embora a demanda "suave" dos consumidores e empresas impulsione a recuperação, o estímulo do governo não pode se prolongar indefinidamente devido aos elevados níveis da dívida.