Venda de motocicletas sobe 35,3% em março, diz Abraciclo

Portal Terra

SÃO PAULO - A venda de motocicletas no varejo subiu 35,3% em março, na comparação com fevereiro, informou nesta quinta-feira a Associação Brasileira dos Fabricantes de Motocicletas, Ciclomotores, Motonetas, Bicicletas e Similares (Abraciclo). Segundo a entidade, o anúncio do término da isenção de Cofins para o setor, em 1º de abril, estimulou o comportamento dos consumidores e influiu para o bom resultado.

Na comparação com o março de 2009 a alta nas vendas foi de 17,3%. Considerando o acumulado do primeiro trimestre, o resultado foi uma expansão de 9,6%, informou a associação.

Nas negociações entre fabricantes e revendedores (atacado), a alta nos negócios foi de 45,6% - na comparação com fevereiro - e de 27,9%, em relação ao apurado em março do ano passado.

Segundo o presidente da Abraciclo, Paulo Shuiti Takeuchi, os dados do mês passado são os melhores registrados pelo setor nos últimos 18 meses e apontam para uma recuperação após a crise econômica mundial. "Porém, agora, com o término da isenção da Cofins, não sabemos como será a reação do público e os reflexos nas vendas", disse ele em nota.

Produção e venda externa

A Abraciclo informou que foram fabricadas 149.762 motocicletas em março, um aumento de 22,3% na comparação com fevereiro. Já as vendas externas tiveram crescimento de 15,7% na mesma base de comparação.