Negociações da BM&F crescem 92,30% em março

SÃO PAULO, 8 de abril de 2010 - As negociações da Bolsa de Mercadorias e Futuros (BM&F) subiram 92,30% em março, somando R$ 4,75 trilhões contra R$ 2,47 trilhões contabilizados em fevereiro. A média diária de contratos, em março, estabeleceu recorde de 3.117.004, ante o recorde anterior de 2.183.680 contratos em fevereiro de 2010. O número dos contratos em aberto no total do mercado ao final do último pregão de março foi de 34.452.500 posições, ante 27.556.692 em fevereiro.

Em março de 2010, o futuro de juro (DI) contabilizou 36.134.810 contratos negociados, ante 14.914.440 em fevereiro de 2010. O dólar comercial futuro encerrou março com 8.180.860 contratos, ante 6.490.915 registrados no mês anterior. O futuro de Ibovespa apresentou 1.627.445 contratos, ante 1.478.540. O contrato futuro de reais por euro contabilizou 19.775 contratos negociados, ante 30.280.

As instituições financeiras lideraram a movimentação financeira nos mercados do segmento BM&F em março, com participação de 42,17%, ante 42,93% apontados em fevereiro. Na segunda posição, ficaram os investidores institucionais, com 30,39%, ante 26,39% em fevereiro.

(Redação - Agência IN)