Modelo de crescimento brasileiro deve sofrer transição

SÃO PAULO, 8 de abril de 2010 - Para 2012, a expectativa é de que o modelo de crescimento da economia brasileira, atualmente baseado na expansão do consumo interno, entre em processo de transição, constituindo bases mais sólidas, na opinião dos analistas da consultoria Lafis.

Além disso, os gargalos de infraestrutura poderão impedir um crescimento vigoroso por longo prazo. Dessa forma, espera-se crescimento arrefecido da economia brasileira da ordem de 4,5%, com destaque menos acentuado do Produto Interno Bruto (PIB) industrial e de serviços.

(Redação - Agência IN)