Ibovespa encerra com forte alta e volta aos 71 mil pontos

SÃO PAULO, 8 de abril de 2010 - Após abrir em queda, a bolsa brasileira inverteu tendência e superou as expectativas dos analistas. Sustentada pelas commodities, a valorização das ações do setor financeiro e notícias do segmento de construção, o Ibovespa encerrou em alta de 1,40%, aos 71.784 pontos. O giro financeiro da bolsa ficou em R$ 6,78 bilhões.

Segundo Júlio Mora, operador-sênior da Tov Corretora, o mercado surpreendeu. Após iniciar o ano com ganhos fracos, os bancos superaram as projeções na sessão de hoje. "Cada vez que os investidores percebem que alguma empresa ficou para trás, eles decidem investir, principalmente nos papéis dos bancos que ainda possuem prêmio, ou seja, oferecem ótima oportunidade, uma vez que o setor bancário brasileiro está bem visto", explica. Ao final da sessão, as ações do Itaú Unibanco (PN) tiveram elevação de 3,57% e Itaúsa (PN) cresceu 3,97%.

Além disso, o setor das commodities esteve muito bem durante o pregão, avaliou o operador. A blue chip Vale (PNA) teve acréscimo de 1,49% e Usiminas (ON) avançou 2,80%. Já os papéis da Petrobras (PN) oscilaram durante o dia e encerraram com leve alta de 0,02%. "A Petrobras precisa acordar. Faz tempo que as ações da petrolífera não saem dos R$ 35. Mas enquanto a capitalização e a oferta pública da companhia não forem resolvidas, nada será acrescido", comentou Mora. A Gerdau (ON) também puxou a alta do Ibovespa. As ações da siderúrgica subiram 2,82%.

Por sua vez, as ações da PDG Realty (ON) e MRV Engenharia (ON) terminaram com ganhos de 5,60% e 5,29%, respectivamente. A alta foi impulsionada por notícias do setor de construção. Hoje foi divulgado que o Índice Nacional da Construção Civil (Sinapi), calculado pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) em convênio com a Caixa, registrou, em março, variação de 0,76%, com alta de 0,33 ponto percentual ante o resultado de fevereiro (0,43%). Em março de 2009, o índice marcou 0,94%.

Para Pedro Galdi, economista da SLW Corretora, o giro financeiro do pregão ficou alto devido a grande entrada de fluxo estrangeiro. "Desde o dia 1º de abril, já entrou quase R$ 1 bilhão", acrescentou.

Surpreendentemente, segundo o economista, a bolsa brasileira se descolou de Wall Street durante o dia. Por lá, foi divulgado que os novos pedidos de auxílio-desemprego nos Estados Unidos avançaram 18 mil na semana encerrada dia 3 de abril, já com ajustes sazonais. O número de solicitações passou de 442 mil para 460 mil. Porém no final da tarde, o dado de varejo levou otimismo aos investidores.

(Niviane Magalhães - Agência IN)