Arrecadação com loterias sobe 30% no ano, diz Caixa

Portal Terra

BRASÍLIA - A arrecadação com loterias da Caixa Econômica Federal cresceu 30% no primeiro trimestre deste ano em comparação com o mesmo período do ano passado, segundo dados divulgados pelo banco nesta quinta-feira. O crescimento leva em consideração o resultado das dez loterias administradas pela Caixa, entre elas Mega-Sena, Quina e Timemania.

De acordo com o vice-presidente de Fundos de Governo e Loterias da Caixa, Moreira Franco, em 2010 foram arrecadados R$ 1,9 bilhão, contra R$ 1,4 bilhão no mesmo período de 2009. "Com esse crescimento de 30% conseguimos bater a meta de arrecadação de R$ 1,7 bilhão, que era a nossa projeção", afirmou.

O produto que mais cresceu foi a Mega-Sena, principal loteria da Caixa. No primeiro trimestre deste ano, só nessa modalidade, a arrecadação foi de R$ 868 milhões, montante 46% maior do que o arrecadado no ano passado (R$ 594 milhões).

"A Mega-Sena da virada nos trouxe a possibilidade de fidelizar novos apostadores. Tivemos um aumento de 30 milhões de novos apostadores do ano passado para cá", disse Moreira Franco.

Este ano, os prêmios pagos pela Mega-Sena foram maiores do que no ano passado. Nos primeiros três meses de 2010, 37 milhões de ganhadores receberam R$ 587 milhões, contra 41 milhões de ganhadores que receberam R$ 484 milhões.