Saldo da movimentação cambial de março foi positivo em US$ 2 bilhões

Stênio Ribeiro, Agência Brasil

BRASILIA - A movimentação de dólares no país proporcionou ingresso líquido de US$ 2,114 bilhões no mês passado, de acordo com números divulgados hoje (7) pelo Banco Central (BC). Com isso, o fluxo cambial no trimestre acumula divisas de US$ 2,790 bilhões, em que pese o déficit de US$ 399 milhões no mês de fevereiro.

O resultado positivo da movimentação cambial, no mês passado, decorre do bom desempenho dos contratos de câmbio para exportações e importações, que deixaram saldo de US$ 2,394 bilhões e reverteram déficit de US$ 2,285 bilhões no mês anterior.

Em contrapartida, a movimentação financeira, que não registrava déficit desde abril do ano passado, foi negativa em US$ 280 milhões, como resultado de saídas no valor de US$ 28,109 bilhões, contra entradas de US$ 27,829 bilhões

O BC divulga boletim com fluxo cambial sempre às quartas-feiras, referente à quarta-feira anterior. Como esse dia, na semana passada, já foi 1º de abril, a nota de hoje adianta que no primeiro dia útil deste mês a movimentação cambial registrou superávit de US$ 2 milhões.

O fluxo cambial acumulado até 1º de abril soma, portanto, superávit de US$ 2,792 bilhões, contra déficit de US$ 2,994 bilhões em igual período do ano passado.

A autoridade monetária também comprou US$ 2,891 bilhões no mercado de câmbio à vista, em março, e acumula compras de US$ 4,950 bilhões no trimestre. Com isso, as reservas internacionais brasileiras somavam US$ 243,953 bilhões no encerramento de março.

Edição: João Carlos Rodrigues