Vendas mundiais da Toyota sobem apesar da crise

Agência AFP

TÓQUIO - As vendas mundiais da Toyota registraram em fevereiro um aumento de 13% em relação ao mesmo mês de 2009, apesar da crise provocada pelas falhas técnicas que obrigaram a montadora japonesa a convocar recalls de quase nove milhões de veículos.

O grupo Toyota - que inclui as marcas de miniveículos Daihatsu e de caminhões Hino - vendeu em fevereiro 613.845 automóveis, contra 543.435 um ano antes.

A produção mundial do grupo em fevereiro chegou a 734.631 unidades (+69,2%), das quais 655.180 correspondem apenas à marca Toyota (+82,7%).

As vendas no Japão subiram 32,1%, com 210.767 unidades negociadas em fevereiro (+49,9% da marca Toyota).

As exportações das fábricas do Japão tiveram uma alta impressionante, de 107,2% a 161.533 unidades.

A Toyota foi obrigada a convocar recalls de quase nove milhões de veículos com defeitos no mundo nos últimos seis meses. As falhas afetavam o sistema de freios e o pedal do acelerador de vários modelos.

Os problemas levaram a empresa a enfrentar a perspectiva de processos milionários nos Estados Unidos.

A Toyota anunciou no início do mês que as vendas nos Estados Unidos recuaram 8,7% em ritmo anual em fevereirro, a 100.027 unidades.