Mantega reafirma que economia deverá crescer 5,5% em média até 2014

Agência Brasil

BRASÍLIA - O ministro da Fazenda, Guido Mantega, apresentou dados, no lançamento do Programa de Aceleração do Crescimento (PAC) 2, de que a economia deverá crescer, em média, 5,5% até 2014.

Durante a solenidade, que contou com ministros, governadores, prefeitos e empresários, Mantega afirmou que o programa trouxe uma nova fase para o Brasil, com crescimento mais vigoroso da economia e geração de empregos e salários.

Segundo números apresentados por ele, o Brasil vive uma etapa diferente das anteriores, com inclusão social e distribuição de renda, com destaque para a classe média que surgiu em consequência da nova realidade econômica.

O ministro disse também que o PAC deu atenção especial aos investimentos, que foram potencializados e dinamizados com um crescimento sustentável.

Ele lembrou que no lançamento do PAC 1, o crescimento da economia brasileira estava em 4% e chegou em 2007 a 6,1%. Com a crise, o resultado ficou negativo em 0,2% no ano passado, mas a estimativa, a partir de agora, com a retomada do crescimento, é de que ela cresça 5,5% em média até 2014.