Ericsson obtém contratos de US$ 1,8 bi na China

Agência AFP

AFP - A gigante sueca das telecomunicações Ericsson anunciou nesta segunda-feira que obteve contratos de US$ 1,8 bilhão para fornecer equipamentos à China Mobile e China Unicom, duas das maiores operadoras de telefonia da China.

Em comunicado, a Ericsson informa ter obtido um contrato de US$ 1 bilhão com a China Mobile para fornecer equipamentos que ajudarão a maior operadora do país asiático a "aumentar de maneira considerável a capacidade de sua rede e transformá-la em uma rede IP".

A empresa sueca também vai fornecer uma rede 3G mais rápida, roteadores IP e outras tecnologias à China Unicom, em um acordo de US$ 800 milhões.

- A assinatura dos contratos significativos é uma prova do prosseguimento de nossa estreita cooperação com os clientes chineses - afirma no comunicado o diretor da Ericsson na China, Mats Olsson.

Um total de 747 milhões de chineses (da população total de 1,3 bilhão) tinham contrato de telefonia móvel em 2009, o que representa 106 milhões a mais que o ano anterior. Com o aumento, 56,3% da população chinesa teria um telefone celular.

O anúncio foi feito durante a visita de uma delegação chinesa à Suécia, durante a qual a venda da montadora Volvo para a chinesa Geely foi assinada no domingo.