Prêmios dos DIs abrem com discretas oscilações

SÃO PAULO, 26 de março de 2010 - As projeções de juros embutidas nos contratos de Depósito Interfinanceiro (DI) iniciam o dia com discretas oscilações. Na BM&FBovespa, há pouco, o contrato de DI de janeiro de 2011 indicava taxa anual de 10,37%, ante 10,38% do último fechamento. O DI para janeiro de 2012 projetava taxa anual de 11,71%, ante 11,73% do ajuste anterior.

Diante de agenda interna vazia, o destaque fica por conta do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) que irá publicar os Custos da Construção Civil, referente a março. Outro dado que será monitorado pelos agentes são as informações da Confederação Nacional da Indústria (CNI) que divulgará o resultado do Índice de Confiança do Empresário Industrial (ICEI), referente a fevereiro.

Já nos Estados Unidos as atenções estão voltadas para a a divulgação da última revisão do Produto Interno Bruto (PIB) referente ao quarto trimestre de 2009, expectativa de manutenção de alta de 5,9% na taxa anualizada, e crescimento de 1,7% do consumo.

(Maria de Lourdes Chagas - Agência IN)