Em dia de cautela, bolsas dos EUA fecham sem tendência comum

SÃO PAULO, 26 de março de 2010 - A divulgação de notícias mistas durante a sessão fez com que os principais índices acionários norte-americanos encerrassem sem tendência comum.

Ao término do pregão, na Bolsa de Valores de Nova York (NYSE, na sigla em inglês), o índice Dow Jones Industrial Average teve leve alta de 0,08%, aos 10.850 pontos. O S&P 500 subiu 0,07%, aos 1.166 pontos. E na bolsa eletrônica, o índice composto Nasdaq marcou desvalorização de 0,10%, aos 2.395 pontos.

No campo econômico, o Produto Interno Bruto (PIB) dos Estados Unidos registrou expansão de 5,6% no quarto trimestre de 2009, na comparação com o trimestre anterior, segundo a terceira estimativa divulgada hoje pelo Departamento de Comércio do país. O dado veio abaixo do apontado na estimativa anterior (5,9%).

Já o índice que avalia a confiança do consumidor norte-americano marcou 73,6 pontos em março de 2010. O indicador ajudou a favorecer o movimento comprador ao longo do pregão. O resultado é o mesmo registrado no mês anterior e veio 1 ponto acima das expectativas do mercado.

Ainda por lá, o índice de preços para gastos com consumo pessoal (PCE) subiu 2,5% no quarto trimestre, ante os três meses anteriores. E o crescimento do PIB do país foi estimado em 5,6% no quarto trimestre de 2009, levemente abaixo do estimado (5,8%).

Segundo os analistas, os investidores repercutiram ainda durante o dia a decisão, anunciada ontem, de que líderes europeus concordaram em socorrer a Grécia, em ação conjunta com o Fundo Monetário Internacional (FMI).

(Redação - Agência IN)