Sistema Financeiro abre credor e BC deve tomar recursos

SÃO PAULO, 23 de março de 2010 - O Sistema Financeiro Nacional (SFN) abriu credor em torno de R$ 60 bilhões e o Banco Central (BC) deve atuar para equilibrar o mercado. Há entrada de R$ 59,527 bilhões no caixa dos bancos do leilão informal (go-around) realizado ontem pelo BC e mais R$ 300 milhões de outras operações do Tesouro e Governo. A previsão para pagamento de tributos federais é de R$ 1,4 bilhão.

No mercado à vista, as primeiras ofertas de recursos de juros indicam taxa anual de 8,65%, ou 0,76% de taxa efetiva. Hoje Tesouro Nacional realiza das 12 horas às 13 horas, por meio do Banco Central (BC), leilão de venda de Notas do Tesouro Nacional série B (NTN-B) - papéis indexados ao Índice de Preços ao Consumidor Amplo (IPCA).

(Maria de Lourdes Chagas - Agência IN)