Educação puxa desaceleração da prévia do IPCA em março

Portal Terra

DA REDAÇÃO - O Índice de Preços ao Consumidor Amplo (IPCA-15) - uma prévia do índice que serve de parâmetro para a meta oficial de inflação do País - fechou março com variação de 0,55%, o que representa uma desaceleração ante os 0,94% registrados em fevereiro, informou o Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) nesta terça-feira. Segundo o levantamento, o principal responsável pela desaceleração foi o grupo educação, já que seus reajustes ficam concentrados no segundo mês do ano.

- Com o resultado de março, o grupo apresentou variação de 0,55%, enquanto em fevereiro atingiu 4,55% - informou o IBGE. Em março de 2009, o IPCA-15 tinha tido variação de 0,11%.

As projeções apuradas pela Reuters variavam de alta de 0,49% a 0,62%, com mediana em 0,53% e média em 0,54%.

No ano, o IPCA-15 acumula alta de 2,02% e em 12 meses, de 5,09%.

A metodologia de cálculo é a mesma, apurando a variação de preços para famílias com renda de até 40 salários mínimos em 11 regiões metropolitanas do país. A diferença está no período de coleta, já que o IPCA mede o mês calendário.