Grécia reduz 77% o déficit do orçamento

SÃO PAULO, 22 de março de 2010 - O déficit do orçamento da Grécia nos primeiros dois meses do ano diminuiu 77,3% na comparação com o mesmo período de 2009, afirmou nesta segunda-feira o Ministério das Finanças, em comunicado.

As receitas líquidas nesse período subiram 13,2%, totalizando ? 8,745 bilhões, principalmente graças a um imposto excepcional sobre os lucros das grandes empresas em 2008, a alta dos impostos sobre o consumo e ao aumento do IVA (Imposto sobre Valor Agregado) sobre os combustíveis, o tabaco e o álcool.

O gasto público diminuiu 9,6%, caindo para ? 8,989 bilhões, devido a redução da assistência pública, além de menores gastos de funcionamento e consumo do governo.

Os gastos do programa de investimento público foram reduzidos em 58,2%, para ? 793 milhões, e as receitas desse programa chegaram a ? 133 milhões (alta de 3,9%).

O déficit orçamentário de janeiro e fevereiro foi então de ? 904 milhões, com uma redução de 77,3% em relação aos ? 3,986 bilhões do primeiro bimestre de 2009.

O governo socialista grego lançou um severo ajuste para reduzir o déficit público de 12,7% do Produto Interno Bruto (PIB) em 2009 para 8,7% este ano e para menos de 3% - limite fixado pela zona do euro - em 2012.

Esse déficit disparou a dívida a níveis colossais (em torno de ? 300 bilhões, equivalentes a 113% do PIB), acarretando em uma crise financeira sem precedentes no país.

O crescimento também sofrerá queda, de 2% em 2010, como em 2009, afirmou, por sua parte, o Banco Central (BC) em um documento entregue ao parlamento.

A diminuição do crescimento em 2009 se deveu principalmente à grande queda dos investimentos, do consumo privado e das exportações, segundo um comunicado do BC.

"A diminuição do crescimento em 2010 depende de maneira decisiva da eficácia e da rapidez da execução das medidas econômicas que foram anunciadas", acrescenta o texto, afirmando ainda que atualmente "o mais provável é uma baixa da ordem dos 2%".

(Redação com Agências Internacionais - Agência IN)