Governo indiano acusa Coca-cola de poluição

InvestNews

SÃO PAULO - A Coca-Cola é considerada responsável pela poluição da água e do meio ambiente por causa de uma fábrica engarrafadora no sul da Índia e deverá pagar US$ 47 milhões de dólares em indenização, segundo as autoridades locais.

O governo comunista do Estado de Kerala afirmou ter aceitado as avaliações de um comitê que investigou a gigante das bebidas e recomendou multa de 2,16 trilhões de rúpias. A Coca-Cola rejeita as acusações.

O comitê estatal determinou que a fábrica engarrafadora de Palakkad, que foi fechada em 2005 depois de protestos de ativistas e residentes, causou sérios danos ao meio ambiente com a poluição de águas subterrâneas.

O pedido de indenização cobre as perdas na agricultura, poluição das águas e prejuízos da saúde não especificados entre 1999 e 2004.

A Coca-Cola negou as recomendações do comitê, assinalando que qualquer reclamação deveria ser levada à justiça.