Empresários do Sul são mais otimistas com a Páscoa 2010

SÃO PAULO, 22 de março de 2010 - O comércio varejista nacional está otimista quanto ao faturamento da Páscoa 2010. Por região, os empresários do Sul (63%) são os mais otimistas no que diz respeito à elevação do faturamento. Na sequência estão as regiões Norte e Nordeste, com 61% cada, e, também empatados, o Centro-Oeste e o Sudeste, com 55%.

"O Sul aparece como a região mais otimista, por conta da melhora na fraca base de comparação (Páscoa 2009)", lembra os técnicos. Para a data, 87% dos varejistas acreditam que ovos de Páscoa serão os presentes mais oferecidos. Já 4% dos entrevistados apontam as roupas e acessórios, 3% acreditam que os celulares serão os líderes, e 1% votou em brinquedos, eletrônicos, computador e periféricos, jóias e relógios e 2% votaram em outros.

Em relação a forma de pagamento, os empresários estão igualmente divididos entre os que acham que as vendas serão realizadas à vista ou em parcelas, com 50% para cada lado. Dentre os meios, os entrevistados acreditam que as vendas à vista nesta Páscoa serão divididas entre pagamentos em dinheiro (40%), cartão de crédito (23%), cheque (18%), cartão de débito (17%), cartão de loja (2%) e outros (1%). Em relação à Páscoa 2009, ganharam espaço as vendas com cartões de crédito e de débito.

Já entre as vendas parceladas, os empresários acreditam que os meios mais utilizados serão: cartão de crédito (40%), cheque pré-datado (33%), financiamento ou crediário (18%), cartão de débito parcelado (3%), cartão da própria loja parcelado (3%) e outros (3%). Em relação à Páscoa 2009, ganharam espaço as vendas financiadas por cartão de crédito.

(Redação - Agência IN)