BC estima déficit recorde de US$ 49 bi para 2010

Jornal do Brasil

BRASÍLIA - O Banco Central elevou sua projeção de déficit em transações correntes do país neste ano para US$ 49 bilhões maior valor nominal da história, acima da estimativa de investimentos estrangeiros diretos no ano. A revisão foi divulgada segunda-feira com os dados de fevereiro, quando as transações correntes brasileiras foram deficitárias em US$ 3,251 bilhões em comparação ao mês anterior.

O resultado está fortemente influenciado por maiores gastos com viagens, aluguel de equipamentos e transporte, e também reflete o saldo comercial, que se reduziu afirmou o chefe do Departamento Econômico do BC, Altamir Lopes.

Ao longo dos últimos 12 meses, o déficit registrado foi de US$ 28,1 bilhões, o que equivale a 1,66% do Produto Interno Bruto (PIB). Na comparação com o mesmo período do ano anterior, o déficit reportado foi de US$ 612 milhões. No acumulado do ano, de 2010, o déficit chega a US$ 7,092 bilhões.