Concessionárias faturam nos últimos dias do IPI reduzido

Luisa Torreão, Portal Terra

SÃO PAULO - As faixas, placas e propagandas das concessionárias não deixam dúvida: estes são os últimos dias para aproveitar a redução do Imposto sobre Produtos Industrializados (IPI). No próximo dia 31, vence o prazo para o consumidor comprar automóveis com desconto e para garantir boas vendas.

As principais lojas estão oferecendo promoções especiais em feirões que começam neste sábado e prosseguem até quarta-feira. A redução dos 4% do IPI, que incide sobre os carros de modelo Flex de mil cilindradas, deve gerar um crescimento de 12% a 15% no volume total de vendas, como estima o economista Luiz Pimenta, diretor regional da Federação Nacional das Distribuidoras de Veículos Automotivos (Fenabrave).

Em algumas concessionárias, o fluxo de clientes já superou os tradicionais 180 passantes por dia, chegando a registrar movimento de 250 a 280 pessoas diariamente pelo menos nos últimos 15 dias. Nesse período o faturamento chega a aumentar 20% do considerado normal pelos gerentes das concessionárias.

No modelo mais procurado e vendido da Ford, o abatimento chega a quase R$ 3 mil. De acordo com Luiz Pimenta, o modelo básico do Ford Ka está saindo por R$ 22.900, quando o preço na tabela é de R$ 25.750.

Imposto

A redução do IPI para carros foi autorizada, pela primeira vez, em janeiro do ano passado, quando o setor sentia mais fortemente os efeitos da crise financeira. Em março de 2009, foi autorizada a primeira prorrogação do imposto reduzido e em junho o governo autorizou a segunda prorrogação. Com a medida, o governo deixou de arrecadar mais R$ 1,75 bilhão em 2009.

Com informações da agência A Tarde