Sem indicadores econômicos projeções operam sem direção

SÃO PAULO, 19 de março de 2010 - A sexta-feira está sendo de ajuste no mercado de renda fixa diante de uma agenda tanto interna como externa vazia. Na BM&FBovespa as projeções de juros embutidas nos contratos de Depósito Interfinanceiro (DI) operam dentro da estabilidade no curto prazo e avanço nos vencimentos mais longos. Há pouco, o DI com vencimento em abril deste ano apontava taxa anual de 8,62%, estável em relação ao ajuste anterior. Janeiro de 2013 projetava juro de 11,99%, contra 11,93% do ajuste da véspera.

O volume de negócios nesta sexta-feira é menor em relação aos últimos dias. Até o momento, o DI com vencimento em abril deste ano era o mais negociado com 480 mil transações efetuadas. Ontem a negociação de contratos futuros de DI registrou recorde histórico. A marca atingida foi de 6.093.795 contratos negociados, superior ao número de 4.544.750, verificado no final do pregão da quarta-feira.

Segundo profissionais, o mercado de juros futuros deverá seguir sem tendência definida, à espera da divulgação da ata do Comitê de Política Monetária (Copom). A ata será divulgada na quinta-feira.

O colegiado do Banco Central (BC) anunciou na quarta-feira que manteve a taxa básica de juros em 8,75% ao ano, sem viés, porém a decisão não foi unânime, por cinco votos a favor e três votos pela elevação da taxa Selic em 0,5 ponto percentual. Segundo o comunicado divulgado após a decisão, o Comitê irá monitorar atentamente a evolução do cenário macroeconômico até sua próxima reunião, para então definir os próximos passos na sua estratégia de política monetária. "A nota em si não traz novidades, fora o placar apertado", ressalta um operador. Para profissionais do mercado de renda fixa diante do fato da decisão do Copom não ter sido unânime fica claro a possibilidade de aumento dos juros no próximo mês.

Sem indicadores econômicos, os agentes aguardam o resultado da Petrobras que será divulgado hoje após o fechamento dos mercados.

(Maria de Lourdes Chagas - Agência IN)