Criadores do YouTube lucraram com venda ao Google

SÃO PAULO, 19 de março de 2010 - Os criadores e principais investidores do YouTube fizeram um bom negócio ao vender a empresa ao Google, em 2006, de acordo com documentos publicados esta semana pela justiça norte-americana devido a um processo aberto contra eles pelo conglomerado de mídia Viacom.

Dos três empresários que criaram em 2005 o site de compartilhamento de vídeos, Chad Hurley obteve US$ 334 milhões em ações, Steve Chen, US$ 301 milhões, e Jawed Karim, que não trabalhava no grupo mas ainda possuía as ações, US$ 66 milhões.

A operação também foi lucrativa para um fundo de investimentos que os apoiou, Sequoia Capital, que obteve US$ 516 milhões como retorno ao seu investimento, de apenas US$ 9 milhões.

Esta informação foi comunicada pela Viacom, que tenta convencer a justiça de que os fundadores do Youtube e do Google se beneficiaram deliberadamente da difusão de vídeos piratas de segmentos de sua programação.

Viacom, que apresentou há dois anos uma denúncia por violação de propriedade intelectual, quer obter US$ 1 bilhão na justiça.

(Redação com agências internacionais - Agência IN)