Grécia não descarta pedido de ajuda ao FMI

Agência AFP

ATENAS - ''Ninguém pode descartar um recurso da Grécia ao FMI para enfrentar a crise financeira pela qual passa o país'', declarou nesta quinta-feira o porta-voz do governo, Giorgos Petalotis, à rádio pública Net.

Um recurso ao Fundo Monetário Internacional "pode significar custos em termos psicológicos e sentimentais, e esperamos não chegar a esse ponto", afirmou.

- Mas é uma possibilidade que ninguém pode descartar - acrescentou, num momento em que o primeiro-ministro grego, Giorgos Papandreou, se prepara para visitar Berlim e Paris e encontrar-se com a chanceler alemã Angela Merkel e o presidente francês Nicolas Sarkozy.

Segundo a imprensa internacional, há dias a França e a Alemanha trabalham num plano para ajudar a Grécia a emitir novas obrigações de Estado para refinanciar sua dívida.