Senado americano aprova extensão de benefícios por desemprego

Agência AFP

WASHINGTON - O Senado dos Estados Unidos aprovou na noite de terça-feira um pacote de emergência de 10 bilhões de dólares para ampliar os benefícios pelo desemprego, depois do fim de um bloqueio de procedimento por parte de um senador republicano.

A medida foi aprovada por 78-19 depois que a maioria democrata incluiu uma emenda apresentada pelo senador por Kentucky, Jim Bunning, para modificar o financiamento da proposta, com o objetivo de não aumentar o déficit.

A extensão de 10 bilhões de dólares por 30 dias será promulgada pelo presidente Barack Obama.

O projeto de lei também amplia os créditos e o seguro-saúde para os desempregados.

A medida anterior havia expirado no domingo em consequência do bloqueio de Bunning, que foi muito criticado por outros congressistas.

O líder da maioria democrata na Câmara de Reprsentantes, Steny Hoyer, disse que a oposição de Bunning afetou 100 mil pessoas de forma imediata e 400 mil nas próximas duas semanas.