Publicidade: nova agência será focada em diversão

Claudia Penteado, Jornal do Brasil

RIO - De olho no mercado de entretenimento, que em 2013 deve movimentar cerca de US$ 33 bilhões no Brasil, nasce a Hullaboom, agência focada no uso do entretenimento para pensar estratégias de comunicação para as marcas. O foco é o chamado Brand Entertainment , convergência entre propaganda, mídia e entretenimento. Estão à frente do projeto Adrianna Cury, ex-presidente da McCann-Erickson; Danilo Janjácomo, ex-sócio da Repense Comunicação e ex-diretor de Brand Entertainment da Bossa Nova Filmes; Margot Soliane, ex-diretora de criação do núcleo de conteúdo da Bossa Nova Filmes, e o economista e investidor Marcelo Haegenbeek.

Estratégias de Brand Entertainment são tendência mundial e foco da maioria das grandes marcas. Basta lembrar dos games criados pela Burger King, da série de filmes patrocinados pela BMW, das campanhas desenvolvidas pelos próprios consumidores para a marca Doritos.

Algumas agências de publicidade já têm divisões dedicadas a isso, como a DDB Entertainment Paris. A Endemol idealizadora do Big Brother, entre outros projetos tem sua divisão de branded entertainment. E a novidade mais recente é a Show M, união de Hollywood e Bollywood em parceria com o grupo WPP, Grupo M., Disney e Sundial Creative Media. A indústria do entretenimento é a que mais cresce no mundo: deve faturar US$ 1,6 trilhões até 2013.

No Brasil há alguns casos de Brand Entertainment, como o da Fiat Eco Drive, que criou uma comunidade virtual para os proprietários do carro. E o Big Brother, onde proliferam as marcas interessadas em aparecer ali de maneiras bem diferentes de um simples break comercial.

O entretenimento diverte, educa, compartilha valores, idéias e crenças. E não é invasivo afirma Adrianna.

A Hullaboom já conta com cerca de 20 profissionais e os primeiros contratos serão assinados até o fim deste mês. Segundo Marcelo, sócio-investidor do projeto, a intenção é obter um crescimento orgânico de 20% ao ano.