Comissão Europeia satisfeita com medidas de ajuste na Grécia

SÃO PAULO, 3 de março de 2010 - A Comissão Europeia considera que os cortes salariais no setor público e as altas de impostos anunciadas nesta quarta-feira pela Grécia confirmam "o compromisso do governo grego com as medidas necessárias" para tirar o país da crise, disse o presidente do executivo da UE, José Manuel Barroso.

"A Comissão se parabeniza pelo anúncio por parte do governo grego de uma série de novas medidas de consolidação orçamentária", indicou Barroso em uma coletiva de imprensa.

Na mesma sintonia, o presidente do Eurogrupo (fórum de ministros das Finanças da zona do euro), Jean-Claude Juncker, também aprovou o novo pacote na Grécia e reafirmou que esse país pode contar com a ajuda financeira de seus sócios europeus, caso seja necessário.

"O presidente do Eurogrupo saúda o anúncio do governo grego de uma série de medidas" de economia, declarou Juncker em um comunicado, falando de "decisões valentes".

(Redação com agências internacionais - Agência IN)