Socopa aposta em carteira mais agressiva para março

SÃO PAULO, 2 de março de 2010 - A Socopa Corretora Paulista divulgou sua carteira recomendada para o mês de março, focando em papéis com potencial de valorização nos próximos 12 meses. Segundo a corretora, deve haver um rearranjo de expectativas e novas estratégias neste mês, após a menor exposição dos investidores estrangeiros em ativos de risco de mercado emergentes em fevereiro em meio à crise das dívidas soberanas na Europa.

Para março, a Socopa decidiu mudar o foco na carteira, retirando papéis mais conservadores, como Bradesco (BBDC4) e Copel (CPLE6) e incorporando papéis mais agressivos como Duratex (DTEX3) e CSN (CSNA3). "Fatores que produziram bons resultados no quatro trimestre para as siderúrgicas persistirão nos próximos meses e dado seu peso no Ibovespa, o trimestre pode fechar com o índice retornando aos 70 mil pontos", estima. Contudo, eventos como os que ocorreram em fevereiro, em relação às dívidas soberanas da Europa, podem se repetir e gerar nova onda de aversão ao risco, o que inviabilizaria o cenário mais otimista.

As cinco ações que compõe a carteira são CNS, Duratex, Lojas Americanas, Tam e Vale. Em fevereiro, a carteira sugerida teve desvalorização de 0,81%, enquanto que o referencial Ibovespa acumulou 1,68% de ganhos no período.

(Simone e Silva Bernardino - Agência IN)