Desmonte de posições mantém dólar abaixo de R$ 1,80

SÃO PAULO, 2 de março de 2010 - O dólar manteve-se abaixo da linha de R$ 1,80 nesta terça-feira, refletindo os desmontes de posições compradas assumidas na onda da mais recente cautela. No fim do dia, a moeda norte-americana recuou 0,89%, a R$ 1,783 na venda.

A perspectiva de que, em breve, a Grécia receberá ajuda mais concreta da União Europeia, associado à uma agenda sem indicadores de peso trouxe ânimo aos mercados. Reforçou este clima a visita do comissário europeu Olli Rehn à Grécia para discutir a situação econômica e financeira do país.

Além disso, há expectativa de oferta de ações no País. Isto porque, é esperado ofertas da BR Properties, Gafisa e Renova Energia. Hoje, a OSX, companhia de estaleiros do empresário Eike Batista, anunciou oferta de ações que pode chegar a até R$ 9,9 bilhões. A OSX foi criada para suprir a demanda por plataformas da OGX, empresa de petróleo e gás que também pertence a Eike. As ações estréiam na bolsa no próximo dia 19.

Apesar deste cenário, a corretora NGO pondera que os números que envolvem as contas de fluxo cambial podem não ser tão benignos como vem sendo projetado, já que a balança comercial apresenta fraco desempenho e as transações correntes, déficits crescentes. "Por isso, consideramos que a apreciação que ocorre do real é meramente circunstancial, sem sustentabilidade e o preço da moeda americana deve retornar ao intervalo entre R$ 1,80 a R$ 1,85", estima a NGO.

Segundo a corretora, o cenário atual não sanciona uma tendência de apreciação do real, até mesmo porque o Banco Central vem mantendo comportamento de intervenção no mercado de câmbio, não fomentando movimentos especulativos.

(Simone e Silva Bernardino - Agência IN)