Com agenda fraca, Bovespa fecha com a 4ª alta consecutiva

Portal Terra

SÃO PAULO - Em um dia de agenda fraca de indicadores e com a perspectiva de que uma solução para a situação fiscal da Grécia está próxima, a Bolsa de Valores de São Paulo (Bovespa) acompanhou os índices externos durante a maior parte da terça-feira e voltou a fechar em alta. O Ibovespa, o principal índice de ações brasileiras, fechou em alta pelo quarto pregão seguido, avançando 0,85%, aos 67.799 pontos, com giro financeiro de R$ 6,353 bilhões no dia.

O primeiro-ministro da Grécia, George Papandreou, disse que a dívida do país chegou a 300 bilhões de euros e o país precisa de apoio da União Europeia (UE). No mercado, cresceu a expectativa de que um acordo com a UE possa ser alcançado.

Enquanto isso, Wall Street operou em alta durante a maior parte do dia, mas as bolsas perderam um pouco do ânimo no final da tarde.

Na Bovespa, a alta das ações da Petrobras e da Vale, as de maior peso no índice, também incentivaram o resultado positivo

Saiba mais

O mercado acompanha de perto o desempenho do Ibovespa porque este é o mais importante indicador do desempenho médio das cotações do mercado de ações brasileiro. O índice retrata o comportamento dos principais papéis negociados na bolsa. A pontuação do Ibovespa aumenta na medida em que sobe o valor das ações.