Após um ano de portabilidade, serviço fica mais rápido

SÃO PAULO, 2 de março de 2010 - A partir do dia 12 deste mês, os usuários de telefones fixos e móveis que optarem por trocar de operadora e manter o número de telefone terão a migração concluída em três dias úteis, e não mais em cinco dias como era antes. A determinação é do Regulamento Geral da Portabilidade Numérica que completa um ano de implantação plena nesta terça-feira, segundo informações divulgadas pela Associação Brasileira de Recursos em Telecomunicações (ABR Telecom).

De acordo com o presidente da ABR Telecom -entidade Administradora da portabilidade numérica-, José Moreira, "o sistema desenvolvido para suportar os procedimentos desta nova fase da Portabilidade já está pronto para entrada em operação que, de acordo com o Regulamento Geral de Portabilidade, inicia-se no dia 12 de março, uma vez que o calendário de implantação do serviço foi antecipado em nove dias".

Moreira destaca a confiabilidade da solução de portabilidade implantada no Brasil visto que, desde o início do processo em setembro de 2008, com 8 DDDs, até sua conclusão, com todos os 67 códigos em operação, o serviço esteve disponível durante todo o período.

Outro aspecto ressaltado pelo presidente da ABR Telecom neste primeiro ano de portabilidade plena é relativo ao índice de eficiência do serviço. No início da implantação, esta marca era de 81% e, desde que a portabilidade foi implantada plenamente, em março de 2009, tem se mantido acima de 91%.

Considerando os valores acumulados no período, isto é, desde a implantação da portabilidade nos primeiros oito DDDs em 1º setembro de 2008, o total de pedidos até o último domingo (28/2) estava em 5,18 milhões, sendo 3,44 milhões de solicitações de usuários de telefonia móvel e 1,74 milhões de telefonia fixa. E as migrações concluídas em 4,02 milhões, sendo 2,81 milhões de usuários de telefonia móvel e 1,21 milhões de usuários de telefonia fixa.

(Redação - Agência IN)