Agricultores serão cadastrados no grupo segurados especiais

SÃO PAULO, 1 de março de 2010 - Começa nesta segunda-feira, em Teresina (PI), o cadastramento dos agricultores familiares e assalariados rurais que integram o grupo dos segurados especiais - composto ainda por quilombolas, pescadores artesanais, extrativistas e indígenas. O início do cadastro no estado será marcado pela adesão da Federação dos Trabalhadores na Agricultura do Piauí (Fetag-PI) ao acordo firmado entre a Confederação Nacional dos Trabalhadores na Agricultura (Contag) e o Ministério da Previdência Social.

Os dados dos trabalhadores e seus familiares complementarão as informações que integram o Cadastro Nacional de Informações Sociais (CNIS)-Rural. Mais de cinco milhões de segurados especiais de todo o Brasil já estão incluídos no CNIS, permitindo o reconhecimento automático de direitos previdenciários e a concessão de benefícios em 30 minutos aos trabalhadores do meio rural, desde janeiro. No Piauí, mais de 145 mil pessoas já têm seus dados no CNIS.

A coleta das informações no Piauí será feita, inicialmente, por 99 Sindicatos de Trabalhadores Rurais (STR). No total, são 220 entidades no estado, distribuídas em 15 pólos regionais. Em todo o país, a Contag tem 4.365 sindicatos filiados que também participarão do cadastramento, em 2010, em outros estados brasileiros. O trabalho começou no Ceará, em dezembro do ano passado, onde 25 sindicatos já estão incluindo dados no CNIS-Rural.

(Redação - Agência IN)