Bolsas dos EUA encerram em alta com melhora do PIB

SÃO PAULO, 26 de fevereiro de 2010 - Após operarem com volatilidade, os investidores tomaram fôlego nas bolsas norte-americanas. Nem mesmo indicadores econômicos abaixo do esperado por analistas, ofuscaram o desempenho do Produto Interno Bruto (PIB) no quarto trimestre de 2009.

Diante disso, o índice Dow Jones Industrial Average marcou acréscimo de 0,04%, aos 10.325 pontos. O S&P 500 avançou 0,14%, aos 1.104 pontos. E na bolsa eletrônica, o índice composto Nasdaq valorizou 0,18%, para 2.238 pontos.

Hoje foi divulgado que o PIB dos Estados Unidos cresceu 5,9% no último trimestre de ano passado. O dado meio melhor do que o esperado pelo mercado, que projetava 5,7%.

Além disso, dois indicadores mexeram com as praças acionárias. A confiança do consumidor norte-americano marcou 73,6 pontos em fevereiro. O dado veio um pouco abaixo do projetado (73,9 pontos). Já as vendas de imóveis usados tiveram queda de 7,2% em janeiro deste ano. Mesmo abaixo do esperado, as notícias positivas ao redor do mundo prevaleceram no desempenho dos índices de Wall Street.

No âmbito financeiro, a seguradora American International Group (AIG) informou hoje ter reduzido o prejuízo líquido atribuível para US$ 8,8 bilhões no quarto trimestre do ano passado, ante resultado negativo de US$ 61,6 bilhões no mesmo período de 2008.

(Redação - Agência IN)