BNDES aprova financiamento de R$ 294 milhões para a Sabesp

SÃO PAULO, 26 de fevereiro de 2010 - O Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES) aprovou nesta sexta-feira o financiamento de R$ 294 milhões para investimentos da Companhia de Saneamento Básico do Estado de São Paulo (Sabesp)(SBSP3) na ampliação, implantação e otimização de sistemas de esgotamento sanitário integrantes de seu Programa de Recuperação Ambiental da Região Metropolitana da Baixada Santista, conhecido como "Programa Onda Limpa".

O projeto apoiado pelo banco tem por objetivo melhorar as condições sanitárias e ambientais dos municípios de Bertioga, Cubatão, Guarujá (Distrito de Vicente de Carvalho), Itanhaém, Mongaguá e Praia Grande, por meio da elevação dos índices de coleta e tratamento dos esgotos e redução da carga poluidora lançada nas praias da Baixada Santista.

A operação faz parte dos investimentos propostos para o setor de saneamento ambiental no âmbito do Programa de Aceleração do Crescimento (PAC). Com mais esta operação, a participação do BNDES no Programa Onda Limpa atinge R$ 424 milhões, pois, em outubro de 2007, o BNDES já havia destinado R$ 129,9 milhões em financiamentos ao Programa da empresa.

O projeto vai beneficiar uma população de cerca de três milhões de pessoas. Isso significa que o índice de cobertura de coleta e tratamento de esgoto na região passará dos atuais 53% para 90%.

Entre os méritos do projeto, destacam-se a contribuição para a universalização dos serviços de saneamento e para a melhoria do meio ambiente e das condições da saúde pública, resultante da redução da disseminação de doenças de veiculação hídrica.

O empreendimento prevê a construção e ampliação de estações de tratamento e de pré-condicionamento de esgotos, estações elevatórias, emissários submarinos e terrestres, e redes coletoras, entre outras.

O projeto vai gerar cerca de 4 mil novos postos de trabalho durante a execução das obras e 140 novos empregos diretos para a operação dos sistemas.

(Redação - Agência IN)