Prisa poderá permitir entrada de investidores estrangeiros

SÃO PAULO, 23 de fevereiro de 2010 - O maior grupo espanhol de meios de comunicação, Prisa, que edita o jornal El País, anunciou que está perto de chegar a um acordo que permitirá a entrada de investidores estrangeiros em seu capital por um valor de até ? 600 milhões (US$ 814 milhões), sem que isto afete o controle da empresa.

"Prisa confirma que no momento pode chegar a um acordo com investidores estrangeiros interessados em participar no capital social da empresa com uma quantia de entre ? 450 e ? 600 milhões (US$ 610 e US$ 814 milhões)", afirma um comunicado do grupo.

Com uma dívida de ? 4,8 bilhões, Prisa tenta abrir seu capital a novos sócios. A família Polanco, fundadora do grupo, controla quase 70% da Prisa.

(Redação com agências internacionais - Agência IN)