Entrada de dólares por meio de gastos turistas cresce

SÃO PAULO, 23 de fevereiro de 2010 - De acordo com os dados sobre viagens internacionais divulgados hoje pelo Banco Central (BC), janeiro de 2010 registrou o ingresso de US$ 566 milhões no País em gastos de turistas estrangeiros. No mesmo mês do ano passado, este valor foi de US$ 495 milhões.

O resultado é o segundo melhor da série histórica do BC, iniciada em 1947, para o mês de janeiro e fica atrás apenas da receita obtida no primeiro mês de 2008, quando os gastos de estrangeiros somaram US$ 595 milhões.

"Este é um sinal claro de que o turismo brasileiro, além de ter sofrido menos do que outros países, está se recuperando rápido dos efeitos da crise econômica", avaliou a presidente da Embratur, Jeanine Pires.

Já o aumento da receita com viagens internacionais entre janeiro de 2003 e janeiro de 2010 - quando a Embratur começou a cuidar exclusivamente da promoção do Brasil no exterior - chega a 192,3%.

"Temos recebido muitos turistas de lazer, o que é esperado para esta época do ano, mas também registramos o crescimento dos turistas de negócios, sobretudo pela boa situação econômica do País e pelo interesse causado com a realização da Copa do Mundo e das Olimpíadas no Brasil", ressaltou Jeanine.

Os gastos de brasileiros em viagens ao exterior somaram US$ 1,21 bilhão em janeiro deste ano contra US$ 746 milhões no mesmo mês do ano passado. O cálculo do Banco Central inclui trocas cambiais oficiais e gastos com cartões de crédito internacionais.

(MLC - Agência IN)