Investidores reagem a dados e bolsas dos EUA fecham em baixa

SÃO PAULO, 22 de fevereiro de 2010 - Em um dia fraco na agenda econômica norte-americana, os investidores adotaram cautela nos principais índices acionários de Wall Street. O mercado operou avaliando novos números sobre a economia do país.

Diante disso, na Bolsa de Valores de Nova York (NYSE, na sigla em inglês), o índice Dow Jones Industrial Average registrou queda de 0,18%, aos 10.38 pontos. O S&P 500 perdeu 0,10%, aos 1.108 pontos. Já na bolsa eletrônica, o índice composto Nasdaq desvalorizou 0,08%, para 2.242 pontos.

O mercado repercutiu que a atividade manufatureira do Texas, Estados Unidos, teve retração no mês de fevereiro, depois de meses consecutivos apresentando melhorias. O indicador marcou 2,3 pontos ante os 7,4 pontos do mês de janeiro.

Já o índice da atividade de Chicago (CFNAI, na sigla em inglês) avançou 0,02 ponto em janeiro de 2010. O dado de dezembro foi revisado para -0,58 pontos, abaixo dos -0,61 divulgados na ocasião.

Os agentes também acompanharam que o presidente dos Estados Unidos, Barack Obama, apresentou hoje uma nova versão de seu plano para a reforma da saúde, de modo a permitir que outros "31 milhões de norte-americanos" tenham acesso à cobertura médica, entre outras mudanças.

(Redação - Agência IN)