Brasil tem 175 milhões de celulares

Carolina Eloy, Jornal do Brasil

RIO - O aumento da renda da população brasileira e a diversidade de serviços oferecidos pelas operadoras impulsionaram a expansão das linhas de telefonia móvel habilitadas no país, segundo consultores. O Brasil já tem 175,59 milhões de acessos ao Serviço Móvel Pessoal (SMP) de acordo com a Agência Nacional de Telecomunicações (Anatel).

As operadoras estão se adaptando às diferentes classes, com preços, produtos e promoções para cada cliente. Com isso, conquistam volume de clientes pré-pagos e na qualidade do assinante pós-pago destaca Antônio Carlos Morim, consultor de telecomunicações e professor da ESPM.

Morim explica que, no caso dos clientes pré-pagos, os serviços de voz e de mensagem de texto ainda são os mais utilizados. Já entre os assinantes pós-pagos, que dão maior retorno para as companhias, a ampliação dos serviços e de aparelhos influencia o consumo.

Elifas Gurgel, especialista em Telecomunicações e ex-presidente da Anatel, afirma que a flexibilidade de aparelhos que podem ter ao mesmo tempo dois chips de operadoras diferentes contribui para que consumidores tenham mais de uma linha. O mercado ainda tem muito espaço para expandir, principalmente se o custo for menor para o cliente .

Em janeiro, foram 1,639 milhão de habilitações, expansão de 0,94% em relação a dezembro. O resultado do primeiro mês do ano é o segundo na série histórica, ficando atrás de janeiro de 2008 (1,877 milhão). Do total de acessos, 145,08 milhões (82,62 %) são pré-pagos, e 30,51 milhões (17,38 %), pós-pagos.

Por empresas a liderança de mercado é da Vivo, com 29,87% de participação de mercado, seguida por Claro (25,52%), Tim (23,63%) e Oi/Brasil Telecom (20,61%).

O diretor de planejamento estratégico da Vivo, Daniel Cardoso, afirma que o mercado nacional ainda tem muito espaço para crescer, tanto com as pessoas que não têm acesso ao serviço, quanto com a ampliação de serviços para os cliente atuais.

Gabriela Derenne, diretora regional do Rio de Janeiro e Espírito Santo da Claro, destaca que além da economia aquecida, alguns aparelhos e serviços oferecidos com maior valor agregado contribuem para que o mercado de telefonia móvel continue crescendo.

Esta semana a Tim lançou um pacote que oferece internet móvel a R$ 2,90 por dia 40MB para clientes pré-pagos. Segundo o diretor de Marketing da companhia, Leopoldo Tranquilli, a tarifa mais baixa ajuda aumentar o acesso à internet para os mais diversos segmentos da base de clientes: mais de 40 milhões de pessoas.