Atividade industrial do Texas recua para 2,3 pontos em fevereiro

SÃO PAULO, 22 de fevereiro de 2010 - A atividade manufatureira do Texas, Estados Unidos, teve retração no mês de fevereiro, depois de meses consecutivos apresentando melhorias. O indicador marcou 2,3 pontos ante os 7,4 pontos do mês de janeiro, de acordo com relatório divulgado hoje pelo escritório regional do Federal Reserve (Fed, o banco central norte-americano) de Dallas.

Em fevereiro, o índice de novos pedidos recuou de 27 pontos em janeiro para -6 e a capacidade instalada utilizada manteve-se inalterada em 0 ponto. Já a taxa de desemprego ficou negativa em -5,2 pontos, frente os -4,5 pontos de janeiro.

O indicador dos preços aumentou para 40,9 pontos, apresentando alta com relação a janeiro, quando registrou 32,6 pontos.

Ainda segundo o relatório, 47% dos executivos do Texas esperam crescimento na produção, na capacidade instalada e no crescimento nas taxas de novos pedidos.

(SV - Agência IN)