Preço de material escolar pode variar até 233%, diz Procon-SP

Portal Terra

DA REDAÇÃO - Os preços de materiais escolares podem variar até 233% na capital paulista, de acordo com levantamento divulgado pela Fundação Procon-SP nesta quarta-feira. A maior diferença verificada foi com relação ao lápis preto nº2 sextavado, que custava R$ 0,45 em um estabelecimento da zona norte e R$ 1,50 na zona sul.

Foram pesquisados 155 itens em nove lojas de todas as regiões de São Paulo, entre os dias 5 e 6 de janeiro. Segundo o Procon-SP, 94 itens tiveram diferença de preço abaixo de 50%, 49 entre 50 e 100% e 12 com variação acima de 100%.

Entre as maiores variações encontram-se itens como caneta esferográfica (109%), conjunto de 12 canetas hidrográficas (111%), cola bastão (100%) e caderno de capa dura 96 folhas (105%). Os técnicos do Procon-SP ressaltam que o consumidor deve fazer uma pesquisa em vários estabelecimentos, negociar descontos e prazos para pagamento, antes de comprar.