Emissão de cheque sem fundo bate recorde neste ano

JB Online

SÃO PAULO - Segundo pesquisa realizada pela Serasa Experian, empresa do setor privado de informações para negócios, software e crédito, as devoluções de cheques por falta de fundos atingiram 2,15% do total de documentos compensados no país, em 2009. Desde 1991, este foi o percentual mais elevado.

O levantamento mostra que as dificuldades em honrar os pagamentos foram mais concentradas no primeiro semestre do ano, quando o mercado ainda sentia o impacto da falta de liquidez provocada pela crise financeira internacional.

Nos seis primeiros meses do ano passado, 2,30% dos cheques compensados não tinham fundos. Apesar da regularização na oferta de crédito no segundo semestre, a inadimplência continuou, ainda que em menor ritmo, atingindo 1,99% das emissões.

De janeiro a dezembro de 2009, o volume de cheques compensados foi 11,57% menor do que em 2008 e o total de cheques devolvidos diminuiu em 4,07%. Na análise por estados, o Amapá lidera as devoluções com 10,20%. O estado de São Paulo teve o menor índice (1,64%).