Wall Street recua por JPMorgan e dados econômicos

JB Online

NOVA YORK - Após o JPMorgan Chase anunciar grandes perdas com empréstimos no quarto trimestre, o mercado de ações norte-americano caiu nesta sexta-feira, gerando preocupação com os lucros de bancos.

Após um fraco relatório de vendas no varejo, divulgado no começo da semana, dados piores que o esperado da University of Michigan Surveys of Consumers sobre a confiança do consumidor para o início de janeiro afetou o mercado, já que os consumidores estão preocupados com salários e o desemprego.

A primeira leva da temporada de divulgação de balanços de empresas desta semana foi mista, provocando incerteza entre investidores sobre se o mercado de ações pode acrescentar os fortes ganhos registrados desde março de 2009.

Os índices Dow Jones e S&P atingiram seus níveis mais altos em 15 meses na quinta-feira.

O JPMorgan, primeiro grande banco a divulgar seus resultados do quarto trimestre, anunciou grandes perdas com hipotecas e empréstimos de cartão de crédito, levando suas ações à queda de 2,3 por cento, para 43,68 dólares.

"Já que o JPMorgan é referência e uma empresa bem-administrada, isso me deixa muito pessimista sobre os próximos resultados do setor", disse o presidente da Alan B. Lancz & Associates, Alan Lancz.

Outros grandes bancos também registraram baixas, incluindo Bank of America, que caiu 3,3 por cento, para 16,26 dólares, e Wells Fargo, que recuou 3,1 por cento, para 20,08 dólares.

No fechamento desta sexta-feira, o índice Dow Jones, referência da bolsa de Nova York, recuou 0,94 por cento, para 10.609 pontos. O termômetro de tecnologia Nasdaq caiu 1,24 por cento, para 2.287 pontos. O índice Standard & Poor''s 500 teve desvalorização de 1,08 por cento, a 1.136 pontos.

No acumulado da semana, o Dow caiu 0,1 por cento, o S&P 500 recuou 0,8 por cento e o Nasdaq teve queda de 1,3 por cento.