Empréstimo pela internet deve crescer e popularizar-se

Carolina Eloy, Jornal do Brasil

RIO - Antes de contratar crediário pela internet, o cliente precisa ter certeza da segurança do computador e do site que está usando, verificar se o banco é confiável, se os juros oferecidos são vantajosos e imprimir ou salvar todos os documentos, e-mails e propagandas relativos ao serviço contratado. Umas das vantagens do serviço online, além da praticidade, é a possibilidade de cancelar o empréstimo em até sete dias. Diversos bancos já têm o serviço que, para especialistas, deve crescer muito nos próximos anos.

A advogada da Associação Brasileira de Defesa do Consumidor (Pro Teste) Polyanna Carlos destaca que o cliente precisa esclarecer todas as dúvidas sobre o contrato seja por meio de serviços online ou e-mail. Ela diz ainda que essas conversas precisam ser guardadas.

O cliente tem que estar atento, pois a confirmação no site equivale à assinatura do contrato, e, a partir disso, já conta como serviço comprado destaca.

O subsecretário do Procon-RJ, José Teixeira Fernandes, sugere que seja feita uma consulta ao órgão sobre os processos contra a empresa antes de contratar o serviço. A solicitação é feita pelo telefone 151. Ele diz que, apesar de o sistema não diferenciar se as reclamações são relativas a serviços na internet, o consumidor consegue ter uma ideia do volume de processos.

Se a empresa tem muitas reclamações, mesmo não sendo todas referentes ao serviço online, o conselho é que o cliente procure um banco concorrente para evitar problemas depois sugere Fernandes.

Os juros cobrados em empréstimos pessoais via internet podem ser mais baixos que os das agências devido à inexistência de uma estrutura física, segundo Miguel de Oliveira, vice-presidente da Associação Nacional dos Executivos de Finanças, Administração e Contabilidade (Anefac). Com o aumento do número de computadores para diferentes classes sociais e pela comodidade, ele afirma, que essa modalidade de crédito deve crescer cada vez mais.

Oliveira explica que existem duas modalidades de crédito pela internet. A mais popular é o empréstimo pessoal, no qual o cliente pega o dinheiro e usa como quiser. Ele diz que, neste sistema, por ser um crédito pré-aprovado, não existe a necessidade de apresentar diversos comprovantes.

No segundo caso, o cliente pode solicitar um crédito para adquirir bens e serviços diversos. Nesse contrato, o cliente compra um produto em um site que tenha convênio com os bancos.

Independente de qual serviço o cliente escolher, é preciso confiar no site e no banco. O consumidor deve também comparar taxas de juros e optar pela instituição que oferecer o melhor financiamento afirma Oliveira.