Dólar sobe pelo quinto dia e vai a R$ 1,772

SÃO PAULO, 15 de janeiro de 2010 - O dólar subiu pelo quinto dia consecutivo, mas sem muito ímpeto após acumular ganhos de 2,43% no período. No fim do dia, a moeda norte-americana avançou 0,45%, a R$ 1,772 na venda.

Segundo analistas, os investidores preferiram adotar posições defensivas em meio às sinalizações de que a economia dos Estados Unidos irá se recuperar de forma gradual. O índice de confiança do consumidor norte-americano avançou para 73,8 pontos em janeiro deste ano, abaixo do esperado pelo mercado (74 pontos).

Já o nível de inflação ao consumidor nos EUA segue em baixa. Em dezembro o CPI mensal recuou de 0,4% para 0,1% e o núcleo anual subiu na margem de 1,7% para 1,8%, se mantendo dentro da zona de conforto determinado pelo Federal Reserve. "O dado dá suporte à atual política monetária expansionista do Fed, permitindo que os juros possam se manter por período mais prolongado no atual patamar e sem gerar pressão inflacionária", destaca Inês Filipa, economista da ICAP Brasil. Outro dado positivo foi o desempenho de janeiro do setor manufatureiro na região de Nova York. O número subiu acima das expectativas dos analistas, para 15,92 pontos em janeiro - sexto mês consecutivo de variação positiva.

Do lado das empresas, o balanço do JP Morgan mostrou lucro líquido de US$ 3,27 bilhões no quarto trimestre de 2009, contra ganho de US$ 702 milhões no mesmo período do ano anterior. No entanto, os comentários do CEO da instituição, Jamie Dimon, não foram bem recebidos. Segundo Dimon, a situação econômica "não está fácil" e a recuperação ainda deverá ser lenta. Além disso, a provisão de perdas com créditos duvidosos, situada em US$ 8,90 bilhões, foi considerada muito elevada.

Apesar dos bons indicadores econômicos, as bolsas de Wall Street operaram em baixa, reagindo ao resultado do JPMorgan. Preocupações com a economia europeia e a queda da bolsa na Alemanha também contribuíram para a desvalorização do euro, com reflexos no real.

(Simone e Silva Bernardino - Agência IN)