Ministro da Economia argentino anuncia novo presidente do BC

Portal Terra

BUENOS AIRES - O ministro da Economia da Argentina, Amado Boudou, anunciou o economista Mario Blejer como presidente do Banco Central do país, após a demissão do titular Martín Redrado, destituído de seu cargo por meio de decreto emitido pela presidente argentina, Cristina Kirchner.

Apesar do anúncio feito pelo ministro nesta quinta, Blejer anunciou, na quarta, que não aceitaria o cargo porque o presidente do BC ainda era Redrado. - Isso me inibe de considerar a oferta - disse Blejer, à imprensa argentina.

Redrado havia rejeitado um pedido de renúncia por parte do governo por se negar a usar as reservas da entidade para pagar a dívida soberana do país. Cristina justificou o decreto alegando descumprimento de deveres de funcionário público. O vice-presidente do BC argentino, Miguel Angel Pesce, assumirá a Presidência da instituição interinamente, disse Cristina.