Serasa: 13º não alivia e inadimplência com cheques sobe 6%

Portal Terra

SÃO PAULO - O total de cheques compensados em novembro foi 6,25% maior que o número verificado em outubro, na primeira alta após três meses seguidos de ligeiras quedas, segundo dados da Serasa Experian divulgados nesta quarta-feira.

Segundo analistas da Serasa, o avanço "mostra que com a primeira parcela do 13º salário, os consumidores estão priorizando a regularização de suas pendências financeiras no cartão de crédito, meio de pagamento em que ainda podem comprar parcelado".

Em novembro de 2009, foram devolvidos em todo o País 2,04% do total de cheques compensados. É considerado sem fundos, o cheque devolvido pela segunda vez. Em comparação com o mesmo mês de 2008, a inadimplência recuou 5,55%.

"No penúltimo mês do ano anterior, a economia enfrentava a crise financeira global, e tinha no cheque pré-datado uma alternativa para as vendas financiadas do varejo. Na ocasião, o inadequado recebimento do pré-datado, confundido como venda à vista, e a falta de controle do consumidor, elevaram a estatística de cheques sem fundos em novembro de 2008", disseram analistas da Serasa.