Contratos de DI abrem com leve alta das taxas

SÃO PAULO, 23 de dezembro de 2009 - As projeções de juros embutidas nos contratos de Depósito Interfinanceiro (DI) abrem sinalizando leve alta na BM&FBovespa. Há pouco, o contrato de DI de janeiro de 2011 indicava taxa anual de 10,38%, ante 10,36% do último fechamento. Janeiro de 2012 projetava taxa anual de 11,79%, contra 11,78% do ajuste da véspera.

Os agentes receberam mais dados de inflação nesta manhã, dentre eles, o resultado do Índice de Preços ao Consumidor Semanal (IPC-S) de 22 de dezembro que registrou variação de 0,21%, mostrando queda de 0,09 ponto percentual da última apuração, segundo informações da Fundação Getúlio Vargas (FGV). Esta foi a segunda desaceleração seguida no mês.

Já o Índice de Preços ao Consumidor Amplo - 15 (IPCA-15), prévia da inflação oficial, registrou alta de 0,38% em dezembro, desacelerando frente à elevação de 0,44% verificada em novembro. O indicador veio acima das expectativas dos analistas que previam inflação de 0,35%.

Ainda hoje o Tesouro Nacional divulga as contas públicas de novembro, expectativa de superávit de R$ 8,1 bilhões no resultado fiscal do Governo Central.

(Maria de Lourdes Chagas - Agência IN)