Moody's também rebaixa nota da Grécia

SÃO PAULO, 22 de dezembro de 2009 - A agência de classificação Moody's rebaixou nesta terça-feira de "A1" para "A2" a nota das obrigações do Estado grego em consequência da degradação da situação financeira do país, em uma medida similar as já adotadas por Standard and Poor's e Fitch.

A Moody's considerou que os recentes anúncios do governo da Grécia para resolver o problema da colossal dívida do país não eliminam totalmente os riscos a longo prazo.

A Standard and Poor's reduziu em 16 de dezembro a nota a longo prazo da Grécia, oito dias depois de uma decisão similar adotada pela agência Fitch, o que gerou inquietação no mercado.

A classificação financeira tem como objetivo avaliar o risco de "default" do devedor.

Um rebaixamento da nota obriga o país que toma empréstimo a oferecer taxas de juros mais elevadas. Em outros termos, a Grécia deverá pagar mais para financiar seu déficit orçamentário.

A Grécia integra a União Europeia (UE) e a zona euro. A situação do país provoca inquietação entre os sócios.

(Redação com agências internacionais - Agência IN)