Dívida pública federal cresce 1,32% em novembro

SÃO PAULO, 22 de dezembro de 2009 - A Dívida Pública Federal (DPF) avançou 1,32% no mês de novembro, alcançando R$ 1,491 trilhão, devido principalmente à emissão líquida de R$ 6,81 bilhões e à apropriação positiva de juros, no valor de R$ 12,60 bilhões, segundo informações da assessoria de imprensa da secretaria do Tesouro. No mês de outubro, a DPF foi de R$ 1,472 trilhão.

Com relação ao estoque da DPFe, houve elevação de 0,36% em comparação ao mês de outubro, encerrando novembro em R$ 101,98 bilhões (US$ 58,25 bilhões), sendo R$ 80,08 bilhões (US$ 45,74 bilhões) referentes à dívida mobiliária e R$ 21,90 bilhões (US$ 12,50 bilhões) à dívida contratual.

Já o custo médio acumulado em doze meses da DPMFi passou de 11,15% ao ano, em outubro, para 10,86% ao ano, em novembro, devido, principalmente, à menor variação da taxa Selic (1,02%, em nov/08, contra 0,66%, em nov/09). A DPF indica a soma do endividamento público interno e externo em reais.

(Redação - Agência IN)