Comércio aposta em crescimento de 4% nas vendas neste Natal

SÃO PAULO, 22 de dezembro de 2009 - Sondagem realizada pela Fecomercio aponta que o comércio em geral deve crescer 4% neste Natal. Para 76% dos comerciantes, o estoque está maior (37%) ou igual (39%) ao do ano passado. A sondagem foi realizada com 160 lojistas do município de São Paulo nos dias 17,18 e 19 de dezembro. "Esse resultado indica otimismo com relação às vendas neste fim de ano", afirma Fabio Pina, economista da Fecomercio.

Para aproveitar o movimento de vendas aquecido neste fim de ano, 42% dos comerciantes fazem promoções para os consumidores. Desses, 72% estão oferecendo ofertas especiais.

Em relação ao tipo de pagamento, 56% das compras estão sendo pagas neste Natal com cartão de crédito, 33% serão pagamentos à vista (dinheiro, cheque ou cartão de débito), 7% com cheque pré-datado e apenas 4% à prestação (financeiras, carnês, entre outras modalidades)

A sondagem da Fecomercio ainda mostra que mais de 40% das empresas do varejo contratam funcionários temporários para o Natal. A maioria delas emprega entre 3 e 4 funcionários (38%), outras entre 1 e 2 (32%) e 5 ou mais (30%). "Essa é normalmente a primeira experiência de trabalho para muitos jovens", comenta o economista. 85% das empresas que admitem temporários devem efetivá-los.

(Redação - Agência IN)