Festividades reduzem volume de negócios

SÃO PAULO, 21 de dezembro de 2009 - A semana do Natal deve ser marcada por poucos negócios nos mercados financeiros mundiais e no câmbio não será diferente. Por aqui, as corretoras operam com expediente reduzido e a maioria das empresas já trabalham em esquema de plantão.

Há pouco, o dólar comercial recuava 0,50%, para R$ 1,774 na compra e R$ 1,776 na venda. Segundo, Miriam Tavares, diretora de câmbio da AGK, nessas duas semanas finais do ano, com apenas três dias úteis em cada uma delas por conta das festividades, a liquidez deve ficar bastante reduzida, o que deve favorecer a volatilidade."Tudo pode acontecer em termos de direção dos mercados", ressalta. "Enquanto alguns players esperam a continuidade da cautela e das posições conservadoras recentes, outros continuam acreditando numa arrancada final das bolsas", completa.

A executiva acredita que, embora com a volatilidade bastante alta, os mercados não se distanciarão muito dos intervalos atuais. Nos mercados internacionais, as bolsas e as commodities devem alternar altas e baixas em torno dos níveis atuais e o dólar não deve ter força para ir muito além do que já foi nas duas últimas semanas.

Nesta manhã os agentes monitoraram dados do boletim Focus, revelando que as projeções para a taxa de câmbio em 2009 avançaram para R$ 1,74, enquanto que para 2010 mantiveram-se em R$ 1,75. A expectativa para o saldo da balança comercial de 2009 manteve-se em US$ 25 bilhões. Para 2010, a projeção também ficou inalterada, em US$ 11,3 bilhões.

(Maria de Lourdes Chagas - Agência IN)